Maia nega que irá tirar Previdência da pauta

Mariana Londres – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) começou esta segunda-feira (5), primeiro dia do legislativo 2018, negando que irá tirar a reforma da Previdência da pauta da Câmara. A informação havia sido publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, em matéria dizendo que Maia engavetaria a reforma caso não houvesse votos suficientes para aprová-la.— Antes do dia 20 de fevereiro, não há da minha parte nenhum posicionamento para tirar a reforma da Previdência da pauta da Câmara. Hoje tenho uma reunião com governadores para discutir a previdência e outros temas. E esta semana, com a chegada dos deputados, vamos ouvir um a um para ver, de fato, quantos votos temos para a votação desta matéria, disse Maia.

Além da reuniões de Rodrigo Maia sobre a reforma, o relator da proposta, deputado Arthur Maia (PPS-BA) dará uma coletiva nesta segunda às 16h para apresentar as mudanças no texto.

A votação da reforma mesmo sem os votos suficientes tem sido defendida pelos principais articuladores do governo. A estratégia do Planalto é obrigar os indecisos a se posicionarem publicamente.

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.