Polícia descarta violência doméstica em morte de criança em Lorena, SP – A Gazeta

Polícia descarta violência doméstica em morte de criança em Lorena, SP

A Polícia Civil informou nesta sexta-feira (9) que o menino de dois anos, que morreu há três semanas em Lorena (SP) não sofreu nenhum tipo de violência doméstica – a possibilidade de morte por agressão foi investigada pela polícia. O laudo apontou que a criança estava com uma doença infecciosa, provavelmente tuberculose, e que também tinha hidrocefalia.

O menino deu entrada no hospital no último dia 21 depois de os pais terem acionado o socorro. Durante o atendimento, os médicos desconfiaram de que a criança tivesse sido espancada por causa dos hematomas e fraturas.

No dia seguinte, o menino teve complicações, não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e registrado como morte suspeita e averiguação de maus tratos. De acordo com o laudo obtido pela polícia, as fraturas seriam antigas, decorrentes de uma doença que a criança tinha.

Com o resultado do laudo, a polícia afirma que o caso está encerrado e está descartada a hipótese de violência doméstica.

 

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.