“Vandinho do Siderlândia” é morto a tiros na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda, RJ

Vanderson da Silva Lima, conhecido como “Vandinho do Siderlândia”, 23 anos foi morto com, pelo menos, sete tiros na tarde desta segunda-feira (12) em Volta Redonda. O crime aconteceu em uma área movimentada da cidade, na Rua 40, próximo a Rua 33, no bairro Vila Santa Cecília. A Polícia Militar (PM) informou que “Vandinho do Siderlândia”  tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

Ainda segundo a PM, além do rapaz, um outro homem que estava com a vítima na moto também teria sido atingido pelos disparos. Mesmo ferido, ele fugiu do local. Os autores do crime, estavam em um carro, passaram atirando e também fugiram. A área ficou isolada e o trânsito ficou lento no trecho.

Mais tarde, os policiais conseguiram achar o veículo usado no crime, que estava abandonado no bairro Roma I. Um dos suspeitos foi encontrado e encaminhado à 93ª Delegacia de Polícia (Volta Redonda). Até a publicação desta reportagem, o outro homem que estava na moto com Vandinho não tinha sido localizado.

“Vandinho” foi morto por ter dado prejuízo ao tráfico, diz delegado

O delegado adjunto da 93ª DP (Volta Redonda), Marcelo Russo disse que Vanderson da Silva Lima, o Vandinho, de 23 anos, foi assassinado por ter dado prejuízo financeiro ao tráfico de drogas do bairro Siderlândia. O policial ouviu o depoimento do jovem que estava na garupa da moto pilotada pela vítima, no momento do crime, nessa segunda-feira (12), na Rua 40, em frente ao Shopping 33, na Vila Santa Cecília.

O rapaz, que saiu ileso do tiroteio, confirmou ao delegado que Vandinho estava jurado de morte por ter saído da quadrilha da Siderlândia levando certa quantidade de dinheiro, armas e drogas.

– A facção criminosa do Siderlândia é dominada pelo Comando Vermelho (CV), mas o jovem que estava na garupa da moto não confirmou que Vandinho tinha passado a integrar a quadrilha do Jardim Cidade do Aço, que é dominada pelo Terceiro Comando Puro (TCP).  A  testemunha confirmou apenas que Vandinho tinha dado  um “derrame”  (prejuízo ) na boca de fumo do Siderlândia  – disse Russo.

Policiais militares informaram nesta terça-feira (13), que já foram identificados os autores dos tiros, que na tarde dessa segunda-feira (12), mataram Vandinho, que estava indo ao dentista.  A polícia mantém em sigilo, os nomes dos suspeitos, para não prejudicar as investigações. Eles estão sendo procurados pela polícia e seriam integrantes de uma facção criminosa rival.

Após o assassinato, traficantes do Siderlândia comemoraram  soltando fogos de artifício no bairro, onde eles dominam os pontos de venda de drogas.  Os autores dos disparos estavam em um Vectra branco que foi jogado em cima da moto, provocando a queda de Vandinho. Um deles desceu do carro, desferindo aproximadamente, seis tiros na vítima. O outro rapaz que também estava na moto, conseguiu escapar do tiroteio e em seguida foi a delegacia prestar depoimento.

Após o crime o Vectra foi encontrado na estrada que liga Volta Redonda a Getulândia. O delegado adjunto da 93ª DP (Volta Redonda), Marcelo Russo, mandou periciar o veículo. O delegado avalia imagens gravadas por câmeras de segurança no local do crime. Ele solicitou pessoas que possam enviar informações à polícia, mesmo que anonimamente, para auxiliar nas investigações.

Fotos: Arquivo Pessoal e Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.