Rio tem 3 PMs mortos em menos de 24 horas

Um policial militar e um morador da Rocinha morreram na noite de ontem (21) durante um tiroteio na comunidade. O policial militar Felipe Santos de Mesquita foi atingido no abdômen e chegou a ser levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, mas não resistiu ao ferimento.

O morador da comunidade, Antônio Ferreira, de 70 anos, conhecido na Rocinha como Marechal, foi atingido no rosto durante a troca de tiros. O tiroteio aconteceu na localidade do Largo do Boiadeiro. Por conta disso, o Túnel Zuzu Angel, que liga São Conrado ao Leblon e passa sob o maciço da Rocinha, chegou a ficar interditado.

PMs mortos

Outros dois policiais militares foram mortos ontem no Rio. Em Cabo Frio, na região dos lagos, o cabo Luciano da Silva Coelho trabalhava como segurança de um estabelecimento comercial, em seu horário de folga, quando foi baleado, durante uma tentativa de roubo.

O sargento Maurício Chagas Barros foi atingido durante uma incursão na Favela Gogó da Ema, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Seu corpo será sepultado hoje (22), às 13h30, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste da cidade do Rio.

 

Fotos: Reprodução Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.