Justiça do RJ condena responsáveis pela morte de Lúcio da Nevada

O Conselho de Sentença do 3º Tribunal do Júri de Niterói condenou, nesta quinta-feira (22), os réus Marco Antonio Titoneli Barbosa e Damião Washington da Silva Ferreira a 25 e 26 anos de reclusão, respectivamente, pelo crime de homicídio triplamente qualificado contra o vereador Lúcio Diniz Araújo, o Lúcio da Nevada, em outubro de 2012.

A sentença destaca que Lúcio da Nevada foi assassinado por motivos políticos. “O crime revela, portanto, verdadeiro atentado contra a democracia, posto que todo o obrar criminoso dos meliantes foi voltado para impedir que a vítima, vereador legitimamente eleito pelo povo, assumisse seu posto”, frisou a juíza Nearis dos Santos Carvalho.

Damião Washington, que era PM na época do crime, também foi condenado por associação criminosa.  “A conduta do réu se torna ainda mais grave, tendo em consideração que à época era policial militar da ativa e, como tal, deveria primar pela proteção e segurança dos cidadãos, ao contrário do que se verifica nos presentes autos; vindo, inclusive, a ser expulso da PMERJ em razão do delito em exame”, diz a decisão.

Sobre o crime

O crime ocorreu no dia 25 de outubro de 2012. Lúcio da Nevada foi executado a tiros na porta de casa no bairro de Santa Bárbara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.