Polícia prende um dos suspeitos de agredir e queimar comerciante em Resende, RJ

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (29) um dos envolvidos de assassinar brutalmente o comerciante Jean Sousa de Seixas (foto). Segundo os agentes, o suspeito de 21 anos foi encontrado dentro de casa e foi entregue pela mãe.

Ainda segundo a polícia, ele seria um dos jovens que aparece nas imagens da câmera de segurança de um mercado, próximo ao local do crime. Ao todo, são quatro envolvidos no latrocínio — roubo seguido de morte. Com isso, três suspeitos continuam foragidos — dois maiores e um menor de idade.

O caso é investigado pela 89ª Delegacia de Polícia (Resende). Os agentes continuam as buscas pelos outros envolvidos no latrocínio — roubo seguido de morte.

Carro da vítima é encontrado queimado

A vítima teria combinado a venda de um carro e marcou um encontro com os possíveis compradores. A polícia informou que o veículo foi encontrado no início da tarde desta quinta na estrada da represa do funil, na Vila Odete, em Itatiaia — cidade vizinha.

Jean tinha 29 anos e era morador de Porto Real, RJ. Ele morreu depois de ser brutalmente espancado e ter o corpo queimado durante um assalto em uma empresa na Rua Dona Arcídia. De acordo com a Polícia Militar (PM), ela foi rendida, amarrada, espancada e teve os dentes arrancados pelos criminosos. Logo depois, eles colocaram fogo no corpo dela.

O comerciante foi socorrido pelos bombeiros e chegou a ser levado para o hospital. De acordo com o Insituto Médico Legal (IML), a causa da morte foi traumatismo craniano.

 

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.