Caso do Latrocínio na antiga CCC: DIG prende segundo suspeito e soluciona assassinato

Redação – A Polícia Civil prendeu na manhã de quinta-feira, (29), mais um suspeito de ter participado do assassinato de Sebastião Galvão Mariano Junior de 38 anos que foi encontrado morto na noite de domingo, do dia 18 de fevereiro no interior da antiga fábrica da CCC, localizada na Rua Engenheiro Antônio Penido (Rua 2) no centro da cidade.

Paulo Henrique de Lima, conhecido com “Nego Rico”, de 39 anos, foi detido ao tentar fugir da polícia se jogando no rio do Lopes. O acusado tem ficha extensa na polícia.

O primeiro acusado a ser preso foi Credemilson Figueiredo, (foto) de 27 anos, que foi detido em sua casa na Vila Romana, pelas equipes da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e DISE (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes).

Com a prisão dos envolvidos a DIG dá como solucionado o caso.

 

 

 

 

 

Fotos: Divulgação

Um comentário em “Caso do Latrocínio na antiga CCC: DIG prende segundo suspeito e soluciona assassinato

  • 31 de março de 2018 em 13:16
    Permalink

    Troca uns 40 metros mas deveria trocar a rua toda já que vai asfalta levaria a tubulação para a beira da calçada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.