Suspeito de latrocínio é preso após furto de geladeira no bairro Retiro em Volta Redonda, RJ

Jean Alves – Mirou no peixe e acertou o gato. O ditado resume a prisão que a Polícia Militar conseguiu fazer na tarde de segunda-feira (02), em Volta Redonda.

A princípio havia uma denúncia de furto de uma geladeira, no Beco do Ipanema, no bairro Retiro. Segundo a ocorrência, registrada na 93ª DP, Renato Peixoto Pereira, o “Renatinho”, de 26 anos, tentou fugir e foi detido numa área de mata, dentro do Cemitério Municipal da cidade.

De acordo com os policiais, o suspeito teria confessado que furtou a geladeira de uma casa que estava vazia há dias. Renatinho depois vendeu a geladeira para um comerciante do bairro, por R$ 150.

Segundo os policiais, o suspeito confessou que seria ele o autor de um latrocínio (roubo seguido de morte), no Retiro, contra uma mulher de nome Marlene, na mesma rua do furto. Um revólver de brinquedo, imitando um calibre 38, foi encontrado com Renatinho.

Segundo os agentes, sargento Keeler, soldado Muzzi, cabo Nikel e cabo Welington, Renatinho confessou que levou R$ 1,2 mil da vítima no dia do crime.

Ele disse que contou com a ajuda de um comparsa de nome Guilherme, conhecido como “Costelinha”, no latrocínio. O comparsa é procurado pela polícia.

O comerciante que teria comprado a geladeira, prestou depoimento e confirmou que comprou do suspeito o eletrodoméstico.

Renatinho ficou preso por furto qualificado. A polícia espera que a Justiça emita o mandado de prisão pelo crime de latrocínio para os suspeitos. O caso está a cargo de delegacia de Volta Redonda (93ª DP).

Fotos: Evandro Freitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.