Após renúncia de prefeita, TRE marca novas eleições em Santa Luzia, MG

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) marcou para o dia 24 de junho as eleições suplementares para prefeito e vice em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Em prisão domiciliar desde o dia 7 de outubro, Roseli Ferreira Pimentel (PSB) renunciou ao cargo no dia 24 de maio.

Ela foi detida por suspeita de participação na morte de um jornalista. Roseli também foi alvo de uma operação que apura suspeita de fraude na Secretaria de Saúde. Atualmente, o presidente da Câmara Municipal, Sandro Coelho (PSB), responde pela prefeitura da cidade.

Liderada por Roseli Pimentel (PSB), a chapa eleita em 2016 teve o registro cassado em diversos processos.

De acordo com o advogado de Roseli, Marcelo Leonardo, “o TJMG já a considerava ex-prefeita. Para não ter nenhuma dúvida ela formalizou a renúncia para se dedicar a sua defesa e provar sua inocência”.

Entre os dias 29 e 31 de maio, os partidos poderão se reunir em convenções para deliberar sobre a escolha dos candidatos.

Até as eleições, o presidente da Câmara de Vereadores continua respondendo pela prefeitura.

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.