Polícia identifica suspeitos de envolvimento na morte de estudante de Barra Mansa, RJ

A Polícia Civil identificou dois suspeitos de participar do roubo, que terminou na morte do estudante de psicologia Caio César Alves Camargo, 22 anos, no ano passado em Barra Mansa, RJ. A ação foi registrada por câmeras de segurança, que auxiliaram na identificação.

De acordo com os agentes, um dos homens foi preso uma semana após o crime por tráfico de drogas. O outro envolvido no crime continua foragido.

O latrocínio é investigado pela 90ª Delegacia de Polícia (Barra Mansa).

Assalto próximo a universidade

Caio César Alves Camargo, de 22 anos, morreu na Santa Casa, em Barra Mansa, onde havia sido socorrido (Foto: Divulgação)

O crime aconteceu durante uma tentativa de assalto na noite do dia 31 de novembro na Rua José Alves Caldeira, no Centro.

Caio e o universitário Breno Caneda foram abordados próximo a um local conhecido como “Buraco Quente”, quando saíam do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), onde estudavam psicologia. Eles foram baleados ao tentar fugir.

O jovem chegou a ser socorrido e levado para a Santa Casa. Breno sofreu uma perfuração no intestino.

Na época, o carro utilizado pelos suspeitos foi encontrado em um

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.