Ossada de idosa que desapareceu em visita ao Santuário Nacional de Aparecida, SP é encontrado

Ossada foi encontrada com óculos, camiseta, joias e dentadura. Objetos foram reconhecidos pela família da idosa; polícia aguarda confirmação com comparativo de DNA


Neta fez postagem pedido ajuda para encontrar vó (Foto: Reprodução/Facebook)

Neta fez postagem pedido ajuda para encontrar vó (Foto: Reprodução/Facebook)

 

A Polícia Civil encontrou a ossada de uma idosa de 85 anos que havia desaparecido no Santuário Nacional de Aparecida (SP). A ossada foi encontrada perto da Basílica e os objetos próximos ao corpo foram reconhecidos pela família da idosa. Além do reconhecimento dos itens, a Polícia Civil aguarda o resultado de um comparativo de DNA.

Berenice dos Santos Silva havia desaparecido no dia 23 de dezembro de 2017, durante visita ao Santuário Nacional. A idosa era de Penápolis e estava com a família em uma excursão. Ela foi vista pela última vez no estacionamento do Santuário, depois de pedir que a neta comprasse uma sombrinha enquanto descansava.

De acordo com a Polícia Civil, a ossada foi encontrada na última quinta-feira (21) quando funcionários do Santuário faziam uma capina em uma região próxima à linha férrea. Ao lado da ossada foram encontradas a blusa, óculos, pulseira e dentaduras. Os itens foram reconhecidos pela família que se deslocou até Aparecida para o reconhecimento nesta terça-feira (26).

O delegado responsável pelo caso, Adilson Marcondes, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Guaratinguetá, explica que mesmo após o reconhecimento dos objetos, aguarda o resultado de um exame de DNA para liberação da ossada.

“A família confirma que os itens encontrados com a ossada são dela mas, para a polícia, é preciso um procedimento formal que é o comparativo de DNA. Fizemos a coleta de amostras da família e encaminhados à São Paulo para a confirmação”, explica Marcondes.

Desaparecimento

A idosa desapareceu por volta das 14h do dia 23 de dezembro, no estacionamento da Basílica. De acordo com filha de Berenice, Adalgisa Fernandes, elas chegaram na cidade pela manhã e participaram da missa e percorreram alguns pontos turísticos.

Após o almoço, a idosa insistiu para que a filha e a neta comprassem uma sombrinha, enquanto ela aguardaria próximo ao ônibus. Cerca de 20 minutos depois, quando voltaram, ela não estava mais lá.

O caso mobilizou a Polícia Civil e a prefeitura da cidade. O Santuário disponibilizou as imagens de todo o circuito interno de segurança à polícia, que acionou delegacias do estado e de outras regiões. Havia a suspeita de que ela pudesse ter entrado no ônibus errado e chegado a outro destino.

Fotos da idosa também foram espalhadas pela cidade e a civil chegou a desmentir boatos sobre o suposto encontro de Benedita na rodoviária e casas de repouso em Aparecida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.