Pedido de afastamento da Diretoria da Casa Lar Mãe Social de São Lourenço, MG deverá ser analisado nos próximos dias

Deverá ser analisado pela justiça nos próximos dias, o pedido de afastamento da Diretoria da ONG Casa Lar Mãe Social feito pelo CMDCA e Conselho Tutelar de São Lourenço.


Cristiano Siqueira – Em reunião extraordinária com porta fechada, devido aos acontecimentos que escandalizaram a sociedade sobre os fatos que seguiram em denúncias ao Ministério Público e Polícia Civil sobre a entidade, reuniram- se na “Sala dos Conselhos” da Prefeitura de São Lourenço na sexta-feira (22/06), representantes do Conselho Tutelar e CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) para discutir o assunto.

O CMDCA realizou a leitura de ofício/relatório, onde em plenária, deliberou por unanimidade cientificar a promotoria de justiça e Juiz da Vara da Infância e Juventude, em comunicado, ter tomado ciência de denúncias e posturas da presidência da instituição Casa Lar Mãe Social, referente as possíveis negligências e violações de direitos referente as crianças e adolescentes acolhidos. Deste modo, de forma oficial, sugeriu ao judiciário e promotoria que toda Diretoria da Casa Lar Mãe Social seja afastada, tendo em vista que toda essa situação poderá implicar em prejuízos nos trabalhos ofertados de modo contínuo para os acolhidos que ali vivem.

Assim que voltou de férias, o promotor Antônio Borges da Silva, titular da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca foi cientificado das denúncias e fez uma visita surpresa no dia 28/06 (quinta- feira) para verificar in loco a situação no local.

Neste intervalo de tempo, vídeos de uma criança assistida no lar falando sobre o assunto foi divulgado para centenas e/ou até milhares de pessoas pelo watsapp.

Enquanto a justiça e a Polícia Civil analisam as denúncias e colhem depoimento de pessoas, a Diretoria da Casa Lar Mãe Social segue administrando a entidade normalmente, porém sendo monitorada com mais atenção e frequência pelos órgãos competentes.

VEJA ABAIXO O OFÍCIO ENVIADO PARA A PROMOTORIA:

” RESOLUÇÃO 008/2018

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Lourenço- MG- CMDCA, no uso de suas atribuições legais, conforme legislação em vigor, Lei Municipal 3.080/2012 e reunião extraordinária realizada no dia 22 de junho de 2018;

CONSIDERANDO: Que o Conselho é deliberativo e controlador;

CONSIDERANDO: a reunião extraordinária ocorrida em 22.06.2018;

CONSIDERANDO: Que compete ao Conselho analisar todas as denúncias de entidades ;

CONSIDERANDO: Que o CMDCA recebeu denúncia da Casa Lar Mãe Social através do ofício 809/2018 de 20.06.2018;

RESOLVE:

ART 1º – por unanimidade encaminhar ofício ao Ministério Público e ao Juiz de Direito da Infância e da Juventude, sugerindo o afastamento da Diretoria e Presidência da Casa Lar Mãe Social para não prejudicar a apuração dos fatos narrados pelos denunciantes de acordo com o ofício 809/2018 do Conselho Tutelar, constando a violação de Direitos aos acolhidos”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.