Tiro disparado contra prédio da Câmara de Ubatuba, SP é investigado pela Polícia Civil

A Polícia Civil investiga um tiro disparado contra o prédio da Câmara de Ubatuba. De acordo com a polícia, o gabinete do presidente do legislativo, Silvio Brandão (PSDB), foi atingido por um tiro durante a madrugada da última sexta-feira (6). Ninguém foi preso.

O projétil acertou o vidro da janela do gabinete e parou em uma pilastra de concreto. No momento do atentado, apenas um vigia estava no local. Ele não ficou ferido.

Segundo a polícia, horas após o ataque, o vigia da câmara atendeu uma ligação feita de um telefone público da cidade com ameaças contra os vereadores.

“Ouvimos o vigia e encaramos o crime como uma ameaça contra todos os vereadores, porque a ligação dizia: ‘vereadores vagabundos, é só o começo’”, afirmou o delegado Ricardo Mamede.

O presidente Brandão desconhece a motivação do ataque. “Como pessoa não tenho desentendimentos e como vereador também não. Temos uma Câmara engajada com a população e tenho bom relacionamento com os demais vereadores”, afirmou.

A perícia retirou o projétil e deve apresentar nos próximos dias o laudo. A ocorrência foi registrada como disparo de arma de fogo e ameaça.

Pilastra onde a bala ficou alojada (Foto: Jornal Nova Imprensa)

Pilastra onde a bala ficou alojada (Foto: Jornal Nova Imprensa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.