Estudantes de São Lourenço vão a Maria da Fé, MG votar em propostas de diminuição da violência contra a mulher

A terça-feira (14) foi longa para os integrantes da Escola do Legislativo de São Lourenço, que participaram, da manhã até o início da noite, da Plenária Regional do Projeto Parlamento Jovem.

Realizado na Câmara Municipal de Maria da Fé e com a presença de estudantes de Itajubá e Itanhandu, o evento teve como objetivo selecionar as melhores propostas para Minas Gerais de combate à violência contra a mulher.

O debate democrático envolveu 58 jovens da região. São Lourenço levou 13 alunos do Ensino Médio de escolas públicas e particulares da cidade. Um deles é Roger Arantes, de 17 anos. Ele foi escolhido para participar da etapa estadual do projeto, que acontecerá entre os dias 19 e 21 de setembro, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. “Achei excelente. Foi uma experiência incrível. Estou muito feliz de ter sido eleito pela maioria para ir até BH representar este tema e minha cidade amada”, afirmou.  .

Das 36 propostas (nove de cada município) levadas pelos alunos, três foram escolhidas e serão encaminhadas à Plenária Estadual. Além disso, uma quarta, inédita, foi criada pelos estudantes e também será encaminhada a Belo Horizonte. Eles ainda votaram em uma sugestão de tema para o Parlamento Jovem em 2019: Maus Tratos contra os Animais.

Veja as propostas aprovadas na Plenária Regional:

Subtema 1: Violência Doméstica e Familiar

Garantir atendimento especializado às mulheres vítimas de violência, em todos os municípios mineiros, através da regionalização das delegacias especializadas no atendimento à mulher.

 Subtema 2:  Violência nos Espaços Institucionais de Poder

Garantir o repasse de recursos para todos os centros de referência de assistência social – CRAS para investimento em cursos voltados a qualificação e autonomia financeira de mulheres vítimas de violência, em todo o Estado de Minas Gerais.

Subtema 3 : Violência e Assédio Sexual

Garantir o funcionamento de um programa de prevenção e ação imediata para denúncias nos casos de assédio sexual, garantindo à vítima proteção ao utilizar transportes públicos e privados no âmbito do Estado de Minas Gerais.

Proposta Nova

Promover campanhas de divulgação do Disque 180 dentro de instituições públicas e privadas do Estado de Minas Gerais, direcionando, nas escolas, para alunos do Ensino Médio e Fundamental II.

 Sobre o Parlamento Jovem

A cada ano, um tema de relevância social é trabalhado por meio de oficinas e dinâmicas. Os estudantes debatem o assunto escolhido e formulam propostas de mudança para o estado de Minas Gerais. As mesmas são analisadas e discutidas pelos próprios jovens em três etapas, a Municipal, a Regional e a Estadual, em que há a realização de plenárias nos moldes de uma sessão legislativa.

No final, as propostas são entregues para os deputados estaduais, que podem transformá-las em projetos e, posteriormente, em leis, como já aconteceu em edições anteriores. O objetivo é despertar nos estudantes o senso crítico e a vontade de contribuir com a sociedade, por meio da política. 

O Parlamento Jovem é desenvolvido desde 2004 pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em parceria com a PUC Minas e municípios do estado. Atualmente, 88 cidades integram a iniciativa. Em São Lourenço, as atividades se iniciaram com a inauguração da Escola do Legislativo, em 2015, e são desenvolvidas pelo quarto ano seguido.

Fonte/Fotos:  Assessoria de Comunicação

Fechado para comentários.