PM que matou homem em Guaxupé é encontrado morto em Pouso Alegre, MG

Cidades – O policial militar Fabiano Gabriel Ramos, acusado de matar um ajudante de caminhoneiro em uma briga de trânsito em Guaxupé (MG), foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (27). O sargento de 31 anos estava preso no 20º Batalhão da Polícia Militar (BPM), em Pouso Alegre (MG), e teria cometido suicídio.

Ramos estava de folga na terça-feira (24) quando se envolveu em uma briga de trânsito com um caminhoneiro e o ajudante em Guaxupé. De acordo com a PM, em meio à discussão, o policial disparou sete vezes e três disparos atingiram o ajudante André Luís Godinho, de 36 anos, (foto) que chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. Após o crime, o policial foi levado para o batalhão da PM em Pouso Alegre, que é o estabelecimento prisional da instituição mais próximo de Guaxupé.

Em nota, a PM informou que o corpo foi encontrado às 6h desta sexta-feira na cela onde o militar estava detido. A nota confirma que o caso foi registrado como suicídio, mas não dá detalhes sobre a morte. As primeiras informações são de que o sargento teria amarrado uma blusa a uma cama-beliche para se matar, mas essa situação não foi confirmada pela PM.

 

 

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.