Jovem é agredido por ser homossexual na região sul de São José dos Campos, SP

Um jovem de 25 anos foi vítima de homofobia e agredido por dois homens na região sul de São José dos Campos. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (30). A vítima teve escoriações no corpo e teria sido diagnosticada com coágulo na cabeça.

Jefferson Constantino sofreu as agressões na rua Koichi Matsumura, no Jardim América,  quando seguia para o trabalho.

Constantino disse a reportagem que estava sem condições de dar entrevista e indicou um amigo para relatar o caso, Diogo Fernandes.

Segundo o amigo, os agressores tentaram atropelar o jovem, bateram na cabeça dele com uma pedra, além de chutes e mordidas. Enquanto cometiam o crime, os rapazes usavam palavras homofóbicas como “vira homem”.

“Ele está muito assustado com o que aconteceu. Os dois bateram na cabeça dele com uma pedra, deram muitos chutes, mordidas e arranhões e, além disso tudo, eles diziam para o Jefferson ‘virar homem’, contou Fernandes.

Após a agressão, Jefferson Constantino acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a Polícia Militar. Ele recebeu os primeiros socorros no local e foi encaminhado para o Hospital Regional, na zona sul, onde levou três pontos na cabeça, dois no nariz e recebeu diagnóstico de que está com coágulos na cabeça.

“Ele não conhece nenhum dos dois [agressores], mas conseguiu ver no momento da agressão que eles estavam uniformizados e que no carro tinha a marca de alguma empresa. Mas por causa do choque, ele não lembra o nome dessa empresa. Ele está com muito medo e todo machucado” afirmou Diogo.

O boletim foi registrado no 3º DP da Polícia Civil. Jefferson Constantino passaria na manhã desta sexta-feira (31) por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) da cidade.

Protesto

A militância LGBTQ+, de São José dos Campos, planeja para a tarde desta sexta-feira (31) um protesto contra a homofobia, preconceito e intolerância. O ato está marcado para ocorrer às 13h30, na avenida Andrômeda, próximo ao Vale Sul Shopping.

“Estamos esperando 70 pessoas, vamos percorrer a avenida lutando por nossos direitos, por que crimes como esse acontecem todos os dias, é dever de todos buscar por igualdade, não vamos nos calar diante da dor do Jefferson e de todos que são vítimas do preconceito,” concluí Diogo.

agressao_2

Foto: Arquivo Pessoal 

Reportagem Beatriz Plaça

Um comentário em “Jovem é agredido por ser homossexual na região sul de São José dos Campos, SP

  • 1 de setembro de 2018 em 00:48
    Permalink

    O vídeo que circulou depois do ocorrido derrubou tudo o que ele disse. Se vitimizou pra defender uma causa mas foi provado que ele começou. Ficou feio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.