Operação cumpre mandados de prisão e busca e apreensão em Barra Mansa, RJ

Uma operação está sendo realizada na manhã desta terça-feira (25) em Barra Mansa, RJ, para cumprir mandados de prisão e busca e apreensão.

O objetivo é localizar nove funcionários terceirizados do Detran e três despachantes, acusados de integrar uma organização criminosa que atua no posto de vistoria do órgão.

Até agora dez pessoas foram presas, uma arma foi apreendida, além de uma quantia em dinheiro ainda não contabilizada.

A ação conjunta conta com agentes do Ministério Público do Rio, do Gaeco, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado e a Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar.

Foram expedidos 12 mandados de prisão e 19 de busca e apreensão, com 13 já cumpriudos.

Segundo as investigações do MP, os funcionários cobravam propina que ia de R$ 50 a R$ 200 para aprovar veículos em condições irregulares.

Os vistoriadores eram contratados por empresas que prestam serviços ao Dtran.

As investigações tiveram início em virtude de notícias que chegaram até a Promotoria de Investigação Penal da Comarca, dando conta da existência da prática criminosa.

Pela manhã, os agentes estiveram em uma casa no bairro Vila Ursulino e localizaram dois dos envolvidos presos.

Agentes do Gaeco participam de operação em Barra Mansa — Foto: Anderson Sobrinho/TV Rio Sul

Agentes do Gaeco participam de operação em Barra Mansa — Foto: Anderson Sobrinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.