Vereador do PSL de Taubaté, SP tem mandato cassado por infidelidade partidária

O mandato do vereador Noilton Ramos (PSL), de Taubaté (SP), foi cassado por infidelidade partidária pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP). A decisão é de terça-feira (2). Ele é atualmente candidato a deputado federal e a sentença não afeta a candidatura.

O julgamento do caso iniciou em julho após o PPS, antiga sigla de Noilton, entrar com uma ação de infidelidade partidária. O julgamento foi adiado devido ao pedido de vista de um desembargador.

A decisão pela cassação foi unânime e cabe recurso. No entanto, o vereador que se elegeu pelo PPS e mudou para o PSL, informou que não vai recorrer da sentença.

“Quando recebi o convite, sacrifiquei o mandato. Em março fiz a mudança para concorrer como deputado e já sabia qual seria o preço. Mudei porque os valores que eu trabalho são alinhados com o PSL”, disse.

Substituição

A Câmara de Taubaté informou que ainda não foi notificada pelo TRE e uma previsão de prazo para a substituição do vereador depende da notificação da Justiça Eleitoral. O PPS informou que Adauto Ramos, irmão de Noilton, vai ocupar a cadeira na câmara pela legenda.

Foto: Reprodução/ TV Câmara Taubaté

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.