Fábrica clandestina de palmitos foi denunciada, e no local a Policia encontrou 50 bicicletas em Lorena, SP

Mais de 50 bicicletas foram apreendidasem Lorena — Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Mais de 50 bicicletas foram apreendidasem Lorena — Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

A Polícia Militar Ambiental apreendeu mais de 50 bicicletas na tarde desta terça-feira (23) durante uma investigação de crime ambiental na Vila Passos, em Lorena (SP).

A suspeita é que os veículos sejam produto de furto e que um adolescente de 17 anos usaria elas como moeda de troca para conseguir drogas.

De acordo com a polícia, a apreensão foi feita na casa dos pais dele, onde funcionaria uma fábrica clandestina de palmitos. Policiais chegaram até o local após uma denúncia.

Na casa foram localizados três vidros de palmito juçara – espécie amaeçada de extinção – e outros objetos que configurariam a venda clandestina, como medidor para o corte do palmito e cadernos com anotações de contabilidade da venda do produto.

Ao perceber que os policiais estavam no local, o adolescente pulou o muro e fugiu.

Na casa ainda foram encontrados quatro pinos de cocaína, uma pedra de crack, duas balanças de precisão e cadernos de contabilidade da venda da droga. Foram encontradas também 51 bicicletas no terraço da casa.

A mãe do adolescente era a única que estava no local no momento da apreensão.

Ela teria dito aos policiais que os palmitos pertenciam ao marido e as bicicletas e drogas, ao filho. Não foram apresentadas notas fiscais das bicicletas e, por isso, a suspeita da polícia é que elas seriam furtadas e usadas para serem trocadas por droga.

A mulher foi levada para a delegacia, prestou depoimento e foi liberada. O marido dela será indiciado por crime contra a saúde pública e o adolescente vai responder por tráfico de drogas.

Três vidros de palmito foram apreendidos  — Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Três vidros de palmito foram apreendidos — Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.