Mãe e filho são presos por estupro de menina de 11 anos em Volta Redonda, RJ

Mãe e filho foram presos na tarde desta quarta-feira (31) por envolvimento no estupro de uma menina de 11 anos em Volta Redonda, no Sul do Rio de Janeiro.

De acordo com a Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher, a denúncia foi feita pela mãe da vítima, que procurou a polícia depois de perceber que a filha estava triste e escondia algo que teria acontecido enquanto passou alguns dias com o pai.

O caso aconteceu há quatro meses. A vítima acabou ficando hospedada, junto com a irmã, de 14 anos, na casa do avô paterno, no bairro Santa Rita do Zarur. Em uma noite, o idoso trancou as meninas para fora porque estava bêbado e recebendo mulheres.

Na rua e sem lugar para ficar, elas aceitaram ir para casa de uma vizinha do avô.

A mulher, de 40 anos, ofereceu drogas e começou a induzir um envolvimento das meninas com o filho dela, de 20 anos. A menina de 14 anos não aceitou e foi embora, mas a de 11 anos ficou e acabou sendo abusada pelo jovem.

No dia seguinte, a vizinha chamou novamente a menina, que acabou sendo abusada mais uma vez, por outro homem.

Quando as garotas voltaram para casa, a mãe sentiu que tinha acontecido algo estranho com a mais nova. A menina acabou contando tudo o que passou naqueles dias, e revelou ainda que vinha recebendo mensagens de difamação do jovem através do Facebook. Depois disso, o suspeito passou a intimidar a mãe da menina, de forma agressiva, para que ela não procurasse a polícia.

A história chegou até o conhecimento da Deam de Volta Redonda, que fez um pedido para que a Justiça expedisse uma ordem de prisão contra a vizinha do avô das meninas e o filho dela. O mandado foi cumprido nesta quarta-feira: a mãe foi presa em casa, e o filho no bairro de Nova Aliança, em Bangu, no Rio. Os dois vão responder por estupro de vulnerável.

O terceiro suspeito, que também teria abusado da vítima, vai responder em liberdade.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.