Obras da prefeitura devem gerar 60 novos empregos em Quatis, RJ

Pelo menos 60 empregos diretos deverão ser gerados em Quatis com as novas obras que serão iniciadas ainda este ano pela prefeitura, a maioria no setor da construção civil.

A afirmação foi feita pelo prefeito Bruno de Souza (MDB), ao comentar os novos investimentos da administração municipal, nas áreas de infraestrutura, saúde, administração, cultura e saneamento básico.

Os investimentos totalizam cerca de R$ 2,6 milhões em recursos próprios do Município.

As novas obras vão ser construídas por empresas contratadas pela Prefeitura de Quatis, através de processos licitatórios coordenados pelo Departamento Municipal de Licitações e Compras.

Às empresas vencedoras, o prefeito vem solicitando prioridade na contratação de trabalhadores residentes na própria cidade.

Durante a assinatura do contrato voltado à construção do almoxarifado central e do espaço de cultura, Bruno reafirmou este pedido ao diretor da CGCOM Engenharia Ltda, Sérgio França Guimarães.

Só na realização destas duas obras – o almoxarifado e o espaço de cultura – serão criados dez postos de trabalhos na fase da fundação das edificações, que se iniciará na próxima segunda-feira, e mais dez na etapa posterior, totalizando, portanto, 20 novos empregos, entre pedreiros, serventes de pedreiros, carpinteiros, eletricistas, armadores de ferragens e bombeiros hidráulico.

– A previsão de 60 novos empregos com as novas obras está relacionada também aos outros investimentos que estamos iniciando este ano. Considero importante destacar que, exceto os serviços na unidade médica de Falcão, que serão realizadas com verbas federais, as outras obras vão ser executadas com recursos próprios, provenientes do excesso de arrecadação financeira proporcionada pela eficiência alcançada na gestão financeira do Município – frisou o prefeito.

Outro apelo apresentado às empresas contratadas para a realização das novas obras da Prefeitura de Quatis é a aquisição dos materiais de construção em estabelecimentos localizados dentro da própria cidade.

A medida visa também incrementar a economia de Quatis e aumentar a receita da administração municipal proveniente, principalmente, do recolhimento do ISS (Imposto Sobre Serviços) e ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias), cuja arrecadação passa diretamente pela movimentação nas áreas do comércio e prestação de serviços.

Foto/Fonte: PMQ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.