Homem é agredido após fake news de abuso de criança em Paraibuna, SP

Um homem quase foi linchado por mais de dez pessoas em razão de uma fake news que viralizou na cidade de Paraibuna. Ele foi agredido após ser apontado como autor de um vídeo divulgado nas redes sociais com imagens erotizadas de um menina. 

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o vídeo, mas descartou envolvimento do homem e informou que não há boletim de ocorrência registrado pela família da menina por suposto estupro. A principal suspeita é que o vídeo tenha sido feito pela própria menina.  O caso também é acompanhado pelo Conselho Tutelar. 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem acusado de abusar da criança foi agredido por mais de dez pessoas. Ele não chegou a ser hospitalizado. Ao registrar boletim de ocorrência, ele disse que a menina seria apenas amiga dos filhos dele.

A Polícia Civil de Paraibuna também aponta como fake news a prisão de um casal que estaria promovendo a exploração sexual da criança. A falsa notícia vem sendo compartilhada por moradores da cidade desde o final de semana. 

Para acalmar a população, a delegacia da cidade postou nas redes sociais uma nota esclarecendo o caso e pedindo para que as pessoas não compartilhassem notícias falsas.

nota_policia_paraibuna

Nota foi postada noFacebok oficial da Polícia Civil de Paraibúna 

Reprodução/Facebook 

Foto: Reprodução/ocorrência 24hrs 

Reportagem Beatriz Plaça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.