Petiti perde mandato de vereador em São José dos Campos, SP, e suplente Dié deve assumir em até 10 dias

A Câmara Municipal de São José dos Campos oficializou a perda de mandato do vereador Fernando Petiti (MDB), conforme definido pelo TRE (Tribunal Regional Estadual). O vereador foi condenado por desfiliação partidária por ter saído do PSDB para concorrer como deputado estadual pelo MDB.

O primeiro suplente, Dilermando Alvarenga, o Dié (PSDB), tem até 10 dias para ser empossado no cargo.  A ação foi protocolada em junho deste ano pelo próprio Dié, primeiro suplente do partido tucano no Legislativo. A petição foi julgada no dia 31 de outubro pelo Tribunal.

Petiti deixou o PSDB em maio, após 14 anos de filiação, de olho na eleição para deputado estadual. Na época, ele alegou falta de espaço dentro do partido, que apoiaria a campanha à reeleição de Hélio Nishimoto. Concorrendo já pelo MDB, o vereador joseense recebeu 26.018 votos, e não conseguiu se eleger — Hélio recebeu 51.914, e também não foi eleito.

Nas eleições de 2016, Petiti foi o segundo vereador mais votado da cidade, com 9.961 votos, na Câmara, ele estava em seu quarto mandato. Dié recebeu 2.837, ficando como primeiro suplente tucano entre os parlamentares.

Foto: /Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.