Vigilantes de carro-forte atacado por bandidos depõem na delegacia de Angra dos Reis, RJ

uatro vigilantes, que estavam no carro-forte que foi atacado por bandidos, nessa quarta-feira, 6, depuseram na 166ª DP (Angra dos Reis). Eles relataram a ação dos criminosos que abordaram o veículo na Rodovia Rio-Santos, Km 478, próximo ao bairro Camorim Grande.

Segundo os vigilantes houve troca de tiros com a quadrilha, que contava com pelo menos 20 bandidos, que usavam uniforme do Bope (Batalhão de Operações Especiais). No relato, os vigilantes disseram ainda, que se esconderam num condomínio próximo e nenhum deles ficou ferido. A quadrilha tentou, sem êxitos, abrir o cofre. O carro-forte foi abandonado em uma praia próxima.

O delegado titular Celso Castelo ouviu ainda o relato do motorista da Secretaria Municipal de Saúde de Angra dos Reis, que foi agredido com coronhadas pelos assaltantes. Ele foi retirado do carro, que foi incendiado pelo bando, na tentativa de desviar a atenção dos policiais. Além do veículo, o fogo destruiu vacinas que estavam sendo levadas para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade.

Buscas

Agentes do Bope retomaram hoje, quinta-feira (7), as buscas pelos integrantes da quadrilha. A ação conta com a participação das policiais Militar e Civil. Ontem agentes do Bope percorreram diversas localidades, entre elas, Camorim Grande, também em busca dos bandidos, mas não obtiveram sucesso.

A policia pede ainda que “quem souber da localização dos responsáveis pela tentativa de roubo ao carro forte, pode ligar para o Disque Denúncia, pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou pelo aplicativo de celular “Disque Denúncia RJ”. As ligações são mantidas em sigilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.