Ex-PM suspeito de violência doméstica é preso pela Deam de Barra Mansa, RJ

Policiais civis, coordenados pela delegada Mônica Areal, titular da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) de Nova Iguaçu, prenderam no início da manhã desta sexta-feira (15), o ex-policial militar, Guilherme da Silva Leite Júnior, de 46 anos, num apartamento no Centro de Barra Mansa. Ele é suspeito de praticar violência doméstica contra a companheira dele.

No imóvel, os policiais apreenderam uma pistola PM calibre 380 e uma espingarda calibre 12. Os agentes cumpriram mandado de prisão preventiva expedido pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

A delegada explicou que o ex-PM foi denunciado, pela vítima, em dezembro do ano passado. Areal explicou que representou contra o suspeito quando era titular da Deam de Volta Redonda.

– O suspeito responde por organização criminosa e por contrabando na Justiça Federal. Mas, o mandado saiu por causa do artigo 282, paragrafo quarto, do Código de Processo Penal brasileiro, ou seja, ele descumpriu medida cautelar imposta. O ex-policial usava tornozeleira e ultrapassou perímetro imposto pela juíza. Cometeu violência doméstica usando tornozeleira. Por causa disso, a medida considerada mais leve que ele cumpria, que era o uso da tornozeleira, se transformou em prisão – disse a delegada.

Foto: Divulgação/ Deam

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.