PM de S. José dos Campos, SP prende ex-funcionário de terceirizada da Revap acusado de ataque

Um homem foi preso pela Polícia Militar na noite desta segunda-feira (18) suspeito de tentativa de homicídio na zona leste de São José dos Campos. De acordo com a polícia, o indivíduo é ex-funcionário de uma empresa terceirizada da refinaria Revap (Refinaria Henrique Lage) e estaria ameaçando a vítima a aderir a paralisação.

O ataque aconteceu por volta das 22h, no bairro Jd. Califórnia. Segundo a polícia, três homens encapuzados teriam descido de um carro e um deles teria efetuado seis disparos contra a residência da vítima, atingindo um veículo que estava na garagem. Eles teriam fugido em seguida.

A vítima é funcionário de uma das empresas terceirizadas que atua dentro da Revap. Ele informou que teria recebido ameaças de manifestantes para que não adentrasse a empresa e aderisse a paralisação.

Uma testemunha moradora da rua anotou a placa do veículo em que os três homens estavam e a polícia foi capaz de localizar o possível autor da ação, um homem de 40 anos, que é ex-funcionário de uma das empresas que presta serviço à Revap. Ele teve seu contrato encerrado no dia 5 de fevereiro.

Segundo a PM, ao ser questionado sobre ter estado no local dos disparos, apresentou várias versões sem fundamento. A testemunha que presenciou os fatos, reconheceu o veículo e o homem como um dos ocupantes que esteve no local através da roupa que usava.

O criminoso admitiu que vem comparecendo nas manifestações na entrada da Revap, pois com o fim do contrato de trabalho, queria ser recontratado e para isso vinha tendo apoio do sindicato nas negociações.

O suspeito foi encaminhado à Polícia Civil, permanecendo à disposição da polícia civil para o registro e conduzir a investigação.

Foto: Divulgação