‘Marcelinho da Divinéia’ assalta bar e acaba preso em Volta Redonda, RJ

Policiais do 28º Batalhão PM prenderam no último fim de semana, Marcelo Ribeiro dos Santos, o Marcelinho da Divinéia, de 43 anos. Ele foi um dos comandantes do tráfico de droga, que na década de 90 aterrorizou moradores do bairro Padre Josimo.

Marcelinho foi preso, junto com outros três comparsas, na noite de sexta-feira, dia 22 anos, em frente ao Clube Comercial, na Colina, em Volta Redonda, quando retornaram de Barra Mansa, onde assaltaram frequentadores do bar Sarara, no Centro da cidade.

Com eles foram apreendidos R$ 5,3 mil, relógios, cordões de ouro e prata, entre outros objetos. A dupla estava ainda,  com um Hyundai HB20 prata, placa LMP 6G20, que também foi roubado. A dupla estava armada com revólver calibre 38 e uma pistola calibre 380.

Histórico

Marcelinho da Divinéia  foi preso pela primeira vez aos 18 anos, condenado por vários crimes, inclusive por homicídio. Além de Marcelinho o tráfico de drogas teve vários comandantes como Adilson Ramos de Freitas, o Dinho, primeiro líder da quadrilha, no início dos anos 90. Marcelo Camilo da Silva, o Marcelo Paraíba, foi o último comandante da hierarquia do tráfico de drogas da década de 90 do Padre Josimo.

O bairro Padre Josimo recebeu, inicialmente o nome de Divinéia. A área de terra foi ocupada por posseiros também no início da década de 90.

Foto: Divulgação / PM