PM de Extrema, MG prende haitiano acudado de feminicídio

A Polícia Militar de Extrema localizou e prendeu o autor Rubens Sebastien Blaise após mais de 10 horas de buscas, por volta das 19h30min desta terça-feira dia 16 de abril.

O fato criminoso ocorreu nesta manhã, na esquina da Rua Bragança com a rua Domingos Morbidelli, rua movimentada no centro da cidade, onde o autor, assassinou a golpes de tesoura sua então ex-companheira, a cabeleireira Marie Dephaney Romulus, de 28 anos.

 Segundo várias testemunhas, nesta manhã, foram ouvido gritos de uma mulher pedindo por socorro, sendo que ao saírem depararam com um homem negro, alto, trajando calça jeans e camiseta branca listrada, golpeando uma mulher com o que seria uma faca ou uma tesoura, e que após a vítima cair, ele ainda teria desferido vários outros golpes nas costas da vítima. Após o fato o autor saiu correndo sentido bairro Morbidelli, não sendo mais visto. As testemunhas identificaram o autor como sendo Rubens Sebastien Blaise, 27 anos, ex-companheiro da vítima.

Após o fato, foram mobilizadas diversas guarnições policiais de Extrema e cidades circunvizinhas, no intuito de capturar o autor. Várias diligências foram realizadas, entre elas contatos com a Polícia Militar de São Paulo, algumas ações conjuntas com a Polícia Civil de Extrema, e outros orgãos, no sentido de evitar a fuga do autor da área do município.

Tendo realizado inúmeras diligências, guarnições obtiveram êxito após 10 horas de buscas. Após ligações de populares suspeitando da presença de alguém em um pequeno bosque, os militares que estavam na diligência suspeitaram da ligação dos fatos e cercaram o local. O indivíduo tentou fugir por um côrrego, quando perseguido pelos militares, porém foi rendido e percebendo não ter saída, não esboçou mais nenhuma reação e rendeu-se. O pequeno bosque fica na rua das Camélias, no mesmo bairro onde ocorreu o crime.  Ao ser questionado sobre a suspeita de ser o autor do feminicídio, Rubens confessou o cometimento do crime e afirmou ter tido motivação passional.

O autor, esta sendo conduzido à delegacia de plantão da Policia Civil da cidade de Pouso Alegre.

A perícia criminal esteve no local e constatou que a arma do crime foi uma tesoura e que o corpo da vítima apresentava inúmeras perfurações sendo, predominantemente na região do pescoço.

Assessoria de Comunicação Operacional – 59º BPM

Autor: P5 – 59º BPM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.