Motorista da Apae de Campestre, MG é preso suspeito de abusar sexualmente de aluna

Um motorista da Apae de Campestre (MG) foi preso nesta sexta-feira (10) suspeito de abusar sexualmente de uma aluna. A mãe da criança foi quem denunciou o caso.

O crime teria acontecido no dia 4 de maio, depois de uma festa de Dia das Mães da apae. O motorista, de 54 anos, teria levado a estudante da Apae, de 16 anos, para um matagal e então abusado dela.

No dia 8 de maio, a mãe desconfiada, levou a menina ao médico, que teria constatado o abuso. O motorista foi preso em casa.

Motorista de Apae é preso suspeito de abuso sexual em Campestre — Foto: Reprodução EPTV

Motorista de Apae é preso suspeito de abuso sexual em Campestre — Foto: Reprodução

“Ele foi encontrado, onde foi anunciado para ele que tinha em seu desfavor um mandado de prisão, diante dos fatos ele foi preso, conduzido à delegacia de Polícia Civil e posteriormente encaminhado para o presídio, com suspeita de abuso sexual”, disse o sargento da Polícia Militar, Paulo César Duarte.

Em nota, a Apae afirmou que acolheu a família e encaminhou o caso para o Conselho Tutelar. Disse também que o motorista foi afastado das atividades.

A prefeitura também emitiu nota afirmando que será instaurado um processo administrativo para apuração dos fatos e que o motorista pode ser demitido.

O motorista foi levado para o Presídio de Alfenas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.