Anão acusado de matar homem com golpe de machado vai a júri em Paraibuna, SP

Um anão acusado de matar o colega de trabalho com golpe de machado vai a júri popular em Paraibuna (SP). O julgamento do acusado, que responde pelo crime em liberdade, está marcado para próxima terça-feira (28) no Fórum da cidade.

O réu vai ser julgado por sete jurados pela acusação de homicídio. Ele confessou o crime e alega legítima defesa desde a época do assassinato.

“Ele não tinha outra forma de se defender se não fosse com o machado. E, infelizmente, isso causou a morte da vítima”, afirmou o advogado William Zwaricz, responsável pela defesa do acusado.

O crime aconteceu no dia 20 de julho de 2014, quando os dois passaram a noite bebendo no bairro Capitão Maneco, na zona rural da cidade. Pela manhã, eles voltaram a beber e o acusado contou que foi ameaçado de morte pela vítima.

Para se defender, o anão pegou o machado e atingiu a cabeça da vítima, que morreu no local. Ele acionou a polícia e aguardou a chegada dos policiais. O acusado confessou o assassinato, entregou a arma utilizada no crime e foi preso em flagrante.

Apesar disso, o anão responde pelo crime em liberdade após conseguir um habeas corpus três dias após o homicídio.

Foto: Google Maps