Preso suspeito de mandar torturar mulher e gravar agressão em vídeo em Resende, RJ


 O delegado titular da 89ª DP (Resende), Michel Floroschk prendeu nessa quarta-feira (14), Thomaz Alves de Oliveira, suspeito mandar torturar uma mulher e divulgar a agressão em vídeo.

A polícia prendeu ainda Leonardo de Oliveira e apreendeu um adolescente. Eles também são suspeitos de participação no crime.

– Thomaz  comanda o tráfico de drogas no Paraíso. Ele mandou gravar a tortura e enviou o vídeo para comparsas num presídio do Rio – acrescentou o delegado.

Floroschy ressaltou ainda que, no último dia 12 deste mês, recebeu uma cópia desse vídeo, por meio do WhatsApp. Nas imagens aparece uma mulher sendo torturada por traficantes da organização criminosa Terceiro Comando Puro (TCP), no bairro Paraíso. Os bandidos aparecem cortando, com uma tesoura, os cabelos da vítima.

O delegado explicou que os torturadores acusaram a mulher de ter ligação com traficantes rivais, que integram a facção Comando Vermelho, com reduto no bairro Cidade Alegria, também em Resende.

https://diariodovale.com.br/wp-content/uploads/2019/08/tortura-pm3.mp4?_=2

– Após analisar o vídeo, instaurei inquérito e passei fazer diligência no bairro Paraíso, onde localizei Thomaz, numa casa na Rua Francisco de Assis, que servia com ponto de venda de drogas do traficante. No imóvel, não encontrei a vítima, nem sei se ela ainda está viva. Thomaz nos disse que a mulher era sua cabeleireira e, que apenas fez luzes nos cabelos dele. Ele confessou que a vítima  não tinha ligação com o tráfico – disse o delegado, acrescentando que os comparsas e Thomaz estavam na mesma casa durante a ação policial, onde foram apreendidas grande quantidade de maconha e cocaína, além de duas pistolas.

Thomaz já foi condenado por tráfico de drogas, em 2008. Já Leonardo, disse que morava no bairro Eucaliptal, em Volta Redonda, e que foi preso em 2018, por porte ilegal de arma. Os dois disseram que não sabiam do paradeiro da suposta cabeleireira.

Segundo o delegado, Leonardo informou ainda, que foi chamado para fazer a contenção do ponto de venda de drogas, e que trouxe a pistola calibre 380. Uma outra pistola apreendida pertencia a Thomaz. Já o adolescente, segundo o delegado, disse apenas que estava na casa. Os suspeitos foram levados para a 89ª DP (Resende).

Armas, drogas, munições e celulares foram apreendidos com suspeitos em Resende — Foto: Polícia Civil
Armas, drogas, munições e celulares foram apreendidos com suspeitos em Resende — Foto: Polícia Civil

Foto: Polícia Civil

Um comentário em “Preso suspeito de mandar torturar mulher e gravar agressão em vídeo em Resende, RJ

  • 16 de setembro de 2019 em 19:07
    Permalink

    I simply want to tell you that I’m all new to weblog and honestly liked you’re web-site. Most likely I’m want to bookmark your blog . You really come with wonderful article content. With thanks for revealing your webpage.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.