ABC Transportes vence licitação e continua em Cruzeiro, SP

Empresa é mantida e anuncia renovação de frota de veículos na cidade com aumento da tarifa para até R$ 3,80

Ônibus do transporte público em rua da região central de Cruzeiro; ABC segue responsável pelo serviço (Foto: Arquivo Atos)
Ônibus do transporte público em rua da região central de Cruzeiro; ABC segue responsável pelo serviço (Foto: Arquivo Atos)

A Prefeitura de Cruzeiro finalizou o processo licitatório para contratação de uma empresa para operar o transporte coletivo. A ABC Transporte saiu vencedora do certame e continuará operando o sistema, mesmo com a insatisfação de parte dos usuários.

Uma das reclamações mais constantes dos moradores é a qualidade dos veículos utilizados no transporte público da cidade.

A principal queixa é com relação ao tamanho dos ônibus disponíveis, que segundo os usuários, é menor do que os convencionais, acarretando em uma diminuição considerável das vagas.

Apesar da insatisfação, a ABC Transportes, que estava à frente do serviço com um contrato emergencial, assume o transporte coletivo com um contrato de 15 anos.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Rural, Rodolpho Scamila, explicou que os problemas serão resolvidos, mesmo com a continuidade dos serviços. Segundo ele, haverá até o fim do ano uma mudança na frota da empresa.

“Nesse contrato a empresa não poderá manter esse tipo de veículo. Todos os ônibus que constam no contrato estipulado pelo edital são grandes e com cobradores”.

Scamila não deu um prazo concreto para troca dos veículos, mas deixou claro que até o final do ano a frota será renovada. Ele estipulou que a intenção da administração é que em outubro, mês de aniversário de Cruzeiro, os ônibus grandes estejam de volta à cidade, mas para isso será necessário também um reajuste de aproximadamente 16,5% na tarifa no transporte. Segundo a explicação do secretário, a empresa conseguiu vencer o certame, justamente por ter oferecido o menor preço de passagem. Apesar disso, o valor estipulado no edital será R$ 3,80, aumento de R$0,50 na passagem.

Por Rafael Rodrigues – Jornal Atos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.