Após pressão popular, vereadores de Queluz, SP voltam atrás e cancelam propostas de aumento de salário de prefeito e vice, secretários e vereadores

O dia 30 de junho de 2020 é um dia histórico para o povo de Queluz

Depois de reportagem (denúncia) que fizemos nas redes sociais, quanto a dois projetos de lei (027/2020 e 028/2020) de iniciativa da mesa da Câmara, que tratavam de aumento de salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e dos próprios vereadores, após a vigorosa manifestação popular contra o aumento, o proponente dos projetos (a mesa da Câmara) pediu alteração do teor dos mesmos, promovendo a retirada do pedido de aumento pretendido de 25%, e propondo agora a manutenção dos salários atuais dos agentes políticos para a próxima legislatura.

Assim sendo, na data de hoje (30/06), os dois projetos (027/2020 e 028/2020; agora alterados) foram votados e aprovados por unanimidade pela Câmara, sendo então que NÃO HAVERÁ AUMENTO para o prefeito, secretários e vereadores para o ano de 2021.

Devido à grande polêmica causada “pelo antigo teor” ( de aumento de salários) dos dois projetos no seio popular, devido também ao combate ferrenho que o vereador GUSTAVO RIBEIRO fez contra os dois projetos de lei (027/2020 e 028/2020), sob pressão popular, o Presidente da Câmara, vereador SÍLVIO BUENO, e demais vereadores tiveram o bom senso de darem um passo para trás, de escutarem a vontade da população e a decência de cancelarem qualquer ideia de “aumento”.

Parece que os vereadores queluzenses finalmente colocaram a mão na consciência, caíram em si e viram a grande besteira que iriam fazer, e até inconstitucionalidade do tal aumento (considerando a vigência da Lei Complementar Federal 173/2020); sendo qualquer eventual aumento de salário nesse momento de pandemia (sobretudo para POLÍTICOS), dificuldades e dor, um verdadeiro tapa na cara da sociedade.

Parabéns ao vereador GUSTAVO RIBEIRO pela firmeza, postura ética e coragem de ter sido o único agente político a se posicionar publicamente contra o aumento, contra tudo e contra todos (prefeito, secretários e colegas de Câmara).

Segundo fontes ligadas ao gabinete do Prefeito Laurindo, sua excelência não teria ficado muito satisfeito com a “nova posição” da Câmara; tendo inclusive solicitado à sua assessoria que entrasse em contato com todos os jornais da região para uma “conversa”. Nosso redator recebeu inclusive uma ligação do próprio prefeito, chamando-o para um “café”. Com o devido respeito, nunca tivemos qualquer contato com o prefeito até hoje, não existindo portanto qualquer assunto em comum ou pendente para ser “conversado”. Tem muita gente por aí que gosta de “conversa”; nós não nos sujeitamos a esse tipo de “conversa”. Fica a pergunta no ar: o quê será que o prefeito queria? Bom…nunca vamos saber.

De qualquer forma, parabéns ao povo queluzense pela garra e força.

Quando o povo quer, o povo consegue!!!!!

Matéria extraída do Jornal A Notícia