Prefeito de Atibaia tem pedido para permanecer no cargo negado pelo STJ

Prefeito de Atibaia tem pedido para permanecer no cargo negado pelo STJ

G1 – Atibaia: O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido do prefeito de Atibaia (SP), Saulo Pedroso (PSB), para permanecer no cargo. O Tribunal de Justiça (TJ-SP) determinou no últim o dia 2 o afastamento dele por crime de responsabilidade fiscal.

O acórdão do STJ  foi publicada na tarde desta sexta-feira (19). Como ainda não foi notificado pela Justiça da decisão do TJ, Saulo ainda está no cargo.

O prefeito é acusado de superfaturamento no aluguel do novo prédio do fórum, que está sendo pago pela prefeitura. Em um dos processos em que é acusado pelo MP de obter vantagem ilícita na locação do imóvel, ele teve parte dos bens bloqueados.

A expectativa é quo prefeito seja notificado do afastamento nos próximos dias. No lugar dele deve assumir o vice-prefeito Mário Inui (Pros).

Outro lado

A Prefeitura de Atibaia informou que não houve notificação sobre o afastamento ao prefeito Saulo Pedroso.

 

Sobre a liminar, na tarde desta sexta-feira, ainda cabe recurso. “O prefeito está confiante que irá reverter a situação. Saulo Pedroso está colaborando e sempre esteve à disposição da Justiça”, diz trecho da nota.

Foto: Arthur Costa