Sessão na Câmara de Santa Branca, SP é marcada por confusão em votação

Política – A sessão ordinária da Câmara de Santa Branca teve confusão na noite desta segunda (19). A discussão entre vereadores e parte do público teve início durante a tentativa de votação das contas da prefeitura de 2014. A sessão foi interrompida por cerca de 30 minutos e precisou da intervenção da Polícia Militar.

De acordo com Paulo Sérgio de Oliveira, diretor geral da Câmara, a sessão teve início às 20h3 e após quase uma hora de microfones abertos, vereadores da situação e da oposição começaram a discutir. Moradores presentes também reagiram as falas com manifestações verbais.

“A sessão foi interrompida por causa das manifestações da plateia e de vereadores enquanto outros falavam na tribuna, o que não é permitido pelo regimento interno da casa. Por isso, o presidente decidiu suspender a sessão e chegou a entrar em contato com a polícia para garantir a ordem até os ânimos se acalmarem”, explica.

A alegação dos vereadores contrários a atual administração é de que as contas colocadas em pauta não poderiam ser votadas antes dos documentos referentes ao exercício de 2013, que recebeu no fim do ano passado um parecer desfavorável do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Após a chegada da polícia, a discussão sobre a pauta foi retomada. Por seis votos a dois, o parecer favorável às contas de 2014 foi aprovado. Houve uma abstenção. Durante o anúncio do resultado a população voltou a se manifestar com vaias.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.