Empresário português radicado em Volta Redonda é assassinado em Queluz, SP

Homicídio – O corpo do empresário português Ricardo Bruno Pinto de Carvalho, de 41 anos, conhecido em Volta Redonda como Ricardo Carvalho, foi encontrado na Rodovia Presidente Dutra no KM zero, sentido São Paulo, em Queluz.

De acordo com informações de policiais da cidade paulista, a vítima foi encontrada pela Polícia Rodoviária Federal na noite de quinta para sexta-feira, com ao menos quatro marcas provocadas por disparos de arma de fogo.

Ricardo foi proprietário do Bar e Restaurante Caravelas, que ficava na Avenida Antônio de Almeida, no bairro Retiro. O estabelecimento funcionou até o feriado de 7 de setembro, quando fechou as portas. Ainda segundo a polícia, um tiro acertou a nuca de Ricardo Bruno e outros três atingiram a região do tórax da vítima.

Pelas características do crime, uma das linhas de investigação adotada pela Polícia Civil aponta que se trata de uma execução. Documentos que estavam junto ao corpo ajudaram na rápida identificação da vítima, que usava bermuda e estava sem camisa.

Também perto do corpo foram encontrados cartões de débitos e créditos e notas de R$ 10,00 e R$ 50,00 falsas. Ricardo Bruno Pinto de Carvalho era natural de Lisboa, filho de Maria Fernanda de Paiva Pinto e Marcelino Fernandes T de Carvalho.

A família seria muito conhecida na capital lusitana e o traslado do corpo já estaria sendo feito pelo consulado português.

Pessoas próximas ao empresário disseram que, em um primeiro momento, ele manteve residência no bairro Candelária, mas tempos depois se mudou para um escritório dentro do próprio Bar Caravelas. onde ficou até fechar as portas do comércio.

Foto: Arquivo Pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.