hortaliças e frutas ainda está alto em Volta Redonda – A Gazeta