Diretor de hotel no Rio diz que mensageiro preso por estupro de hóspede é filho de funcionário de confiança: ‘Estamos surpresos’

O diretor do America’s Barra Hotel, Antônio Ladeira, concedeu uma entrevista na tarde desta terça-feira (20), sobre o caso do funcionário Fábio de Oliveira de Barros, de 37 anos, preso por estupro de hóspede na noite desta segunda-feira (19).

Na coletiva, Antônio disse estar surpreso com o ocorrido, já que Fábio é filho de um outro funcionário do hotel, que trabalha no local há mais de 20 anos.

“Estamos surpresos com o ocorrido, pois somos muito criteriosos na seleção de nossos funcionários. O que contou para a admissão do Fabio foi o fato de ele ser filho de um funcionário nosso de confiança, que tem 20 anos de serviço. Além de ele ser bombeiro socorrista”, explicou Antonio.

Ela ainda acrescentou que Fabio havia sido contratado em março, antes da pandemia, para cobrir férias de outras pessoas, mas que agora não faz mais parte da empresa.

Fábio era mensageiro do America’s Barra Hotel e foi preso em flagrante por estupro. Segundo a polícia, ele atacou uma hóspede que viajou do Pará para fazer um curso. A vítima afirma que Fábio entrou no quarto dela e passou a mão em suas partes íntimas. Ela reagiu com um chute.

De acordo com o diretor, Fábio sempre foi muito prestativo e seria contratado efetivamente após o contrato temporário.

“Estamos colaborando com as autoridades policiais. Mas a gravidade do fato recomenda uma certa prudência, mas não podemos fazer julgamentos prematuros. Isso cabe à investigação”, acrescentou o advogado do hotel, Daniel Apolonio.

O diretor ressaltou ainda que está dando todo suporte para a vítima e que está apurando internamente o motivo pelo qual Fábio foi até o quarto da vítima e por que ele usou a chave-mestra.

Ainda segundo o diretor, Fábio é casado, pai de quatro filhos e mora no mesmo terreno que o pai. O pai de Fábio está afastado temporariamente do trabalho por problemas de saúde e soube do ocorrido através da outra filha.

Como foi o ataque

A vítima chegou ao hotel por volta das 21h de segunda-feira. A hóspede tinha passado mal e estava acompanhada por uma amiga. Enquanto esperavam o elevador, o mensageiro as abordou pela primeira vez.

Proibida de ficar no hotel, a amiga deixou a vítima sozinha no quarto e foi embora. A câmera do andar mostra quando Fábio bate à porta da vítima, que não abre. Minutos depois, o mensageiro retornou, com uma chave-mestra, e entrou no quarto.

“Eu ouvi o barulhinho do cartão magnético passando na porta para liberar. Eu me assustei. Ele foi logo se anunciando, se identificou como o motorista da minha amiga, ‘que estava lá embaixo, que ela estava preocupada’”, narrou a vítima.

“A história bateu até ali. Ele disse que ia apagar a luz e tocou em mim, perguntando se eu estava bem mesmo. Eu disse que estava bem que ele poderia ir”, prosseguiu.

“Ele continuou falando que minha amiga estava preocupada e foi baixando a mão. Eu dizia que estava bem, ele foi baixando a mão e botou nas minhas partes íntimas. Baixou a mão mesmo. Nisso, eu tive o reflexo de dar um chute nele”, contou a mulher.

Essa ação durou quatro minutos. A câmera do andar gravou a fuga do mensageiro, que deixa o quarto e sai correndo pelo corredor.

“Eu fiquei nervosa e pensei: ‘Não posso dormir porque esse homem tem acesso. E se esse homem voltar?’ Passei a noite acordada observando a porta”, disse a vítima.

Por Dioney Filho e Patricia Teixeira

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings