Bolsonaro chama Collor para evento em Alagoas e diz que senador ‘luta pelo interesse do Brasil’

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) esteve em Piranhas, no Sertão de Alagoas, nesta quinta-feira (5) para inauguração da obra de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA). O senador Fernando Collor (PROS) também participou do evento.

“Eu fiz um convite e ele aceitou. E com muita satisfação está integrando essa comitiva, o nosso senador Fernando Collor. Também, um homem que luta pelo interesse do Brasil e também, em especial, pelo seu estado”, disse Bolsonaro.

Uma ausência no evento sentida pelo presidente Jair Bolsonaro foi do deputado federal Arthur Lira (PP), que está com Covid-19 e cumpre recomendação médica para o isolamento social.

“Falta uma pessoa também da nossa articulação política na Câmara dos Deputados, que é um alagoano, é o prezado deputado Arthur Lira. Mais do que fazer articulação, é uma pessoa sempre pronta, sempre alerta a trabalhar pelo seu estado. Tenho certeza que na próxima vez, sem a Covid, ele estará presente entre nós”, afirmou o presidente.

Nos últimos meses, Bolsonaro tem se dedicado a construir uma base de apoio no Congresso Nacional. O presidente se aliou a deputados do Centrão da Câmara, bloco informal que envolve diversos partidos, e preencheu cargos no primeiro e segundo escalões do governo com indicações feitas pelo grupo. Bolsonaro também trocou de vice-líderes na Câmara para incluir os novos aliados.

Apesar dos elogios a Collor nesta quinta, Bolsonaro votou pela admissibilidade do pedido de impeachment do então presidente quando era deputado federal. Pouco tempo antes, em um discurso na Câmara, em abril de 1992, Bolsonaro chegou a chamar Collor de mentiroso.

“Aprendi, na caserna, que o Chefe que mente não merece credibilidade. E o Senhor Presidente da República, Chefe do Supremo das Forças Armadas, não deixa de ser um grande mentiroso”, disse na ocasião.

Réu na Lava Jato

O senador Collor é réu pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, acusado de receber mais de R$ 30 milhões em propina por negócios da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras na venda de combustíveis.

Segundo a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), ele pediu e recebeu o dinheiro entre 2010 e 2014 em três negócios envolvendo a subsidiária, que tinha dois diretores indicados pelo senador.

A defesa de Collor afirma que a denúncia não traz provas concretas de que o senador recebeu o dinheiro de propina.

No mês passado, um endereço ligado ao senador em São Paulo foi alvo de mandado de busca e apreensão em uma investigação da PF que apura um esquema em 2014 e 2015 que envolvia o pagamento de propina para a liberação de licenças ambientais no Ibama, no Paraná. Na ocasião, Collor disse que “nada tem a temer”.

Presidente Jair Bolsonaro ao lado do senador Fernando Collor (PROS) em evento no município de Piranhas, Sertão de Alagoas — Foto: Reprodução/TV Brasil
Foto: Reprodução/TV Brasil

Inauguração em Piranhas (AL)

Antes da chegada a Alagoas, o avião que levava o presidente Bolsonaro e comitiva para Paulo Afonso (BA) teve que aterrissar no aeroporto de Aracaju (SE) por causa do mau tempo no destino nesta manhã.

Segundo o aeroporto de Paulo Afonso, não havia visibilidade para o pouso por volta de 8h30.

Enquanto aguardou a nova decolagem, que ocorreu às 10h15 em helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB), o presidente se reuniu com apoiadores na porta de uma lanchonete. Ele estava sem máscara e causou aglomeração. Em Sergipe, é lei usar o equipamento de proteção em locais públicos.

Durante a visita a Alagoas, o presidente também anunciou a liberação de R$ 14,8 milhões para a continuidade da obra do Trecho 4 do Canal do Sertão Alagoano. O presidente encerrou a agenda oficial no estado por volta de 13 horas e deve retornar nesta tarde para Brasília.

Na comitiva presidencial, a bordo da aeronave, estavam ainda o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o presidente da Funasa, coronel Giovanne Silva, que representa o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Com R$ 12 milhões recebidos da Funasa, o Sistema de Abastecimento de Água vai atender cerca de 10 mil pessoas da área rural do Distrito de Piau, por meio de captação de água no Trecho III do Canal do Sertão Alagoano, inaugurado em 2013 e que já beneficia mais de 100 mil alagoanos.

Presidente Jair Bolsonaro desembarca em Sergipe após não conseguir pousar em Paulo Afonso devido ao mau tempo. — Foto: Joice Vieira
Foto: Joice Vieira


Canal do Sertão

O Canal do Sertão foi inaugurado em 2013, durante a gestão de Dilma Rousseff (PT), e está inserido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

O projeto prevê a construção de um canal de 250 quilômetros de extensão entre Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas, até Arapiraca, na região Agreste. 94,6% das obras já foram concluídas.

Presidente Jair Bolsonaro embarca em helicóptero em Sergipe para Piranhas, Alagoas — Foto: Michelle Almeida/TV Sergipe
Foto: Michelle Almeida
We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings