Disque-denúncia pede informações que possam identificar assassinos de empresário em Angra dos Reis

O Disque-denúncia do estado divulgou um pedido de ajuda, em suas redes sociais, para que as autoridades consigam identificar os assassinos do empresário Edilson França Moreira, morto a facadas, na tarde desta quarta-feira (dia 27), no bairro Gamboa de Belém. Sócio de um crematório no bairro, Edilson teve a garganta cortada pelos criminosos.

Segundo o delegado de Angra dos Reis, Vilson de Almeida, duas testemunhas do crime foram ouvidas, mas não souberam identificar os assassinos, que foram descritos como um homem negro, de aproximadamente 20 anos, e um branco, com cerca de 50 anos de idade. A motivação do crime segue desconhecida.