Prefeiro de Ilhabela, SP afirma que vai propor reforma administrativa e fala das dificuldades da atual estrutura da prefeitura

Em entrevista ao Jornal da Morada (95,5), na manhã desta segunda-feira (11/1), o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci (PL), afirmou que irá propor um projeto de reforma administrativa, o qual deverá contemplar três novas secretarias, previstas em seu plano de governo. “É impossível administrar a cidade do jeito que está hoje, sem diretores, sem assessores. Tenho os secretários, que são 13, e quatro adjuntos”, enfatizou o prefeito. Ele também citou que irá convocar a empresa contratada por R$ 500 mil pela gestão passada para a elaboração da proposta.

Toninho Colucci disse que pretende utilizar o quadro de funcionários para o preenchimento de vários cargos, cerca de 250 servidores. Na entrevista, Colucci informou que irá convocar o escritório contratado pela gestão passada para que apresente a proposta de reforma. “Estamos retomando as conversas com o escritório que foi contratado e que a pagaram meio milhão de reais para elaborarem a reforma administrativa. No meu plano de governo, me comprometi a criar três novas secretarias: segurança pública, pesca e agricultura e de habitação. Precisamos discutir tudo isso. Estamos chamando o escritório, pois já pagaram eles. Vou mostrar a reforma administrativa que fizemos na minha época, que pagamos R$ 30 mil para a elaboração, e que passou pela Câmara”. 

Conforme reportatem em setembro de 2018, ainda na gestão do ex-prefeito Márcio Tenório, o Tribunal de Justiça do Estado acatou uma ação direta de inconstitucionalidade sobre a reforma administrativa apresentada pelo governo e aprovada pela Câmara em 2017. O projeto previa a estrutura administrativa da prefeitura com 473 cargos disponíveis, sendo 50% obrigatório para concursados (servidores de carreira) e 50% de livre nomeação. Contudo, a Lei Complementar foi questionada pela Procuradoria Geral do Estado, culminando na decisão do TJ/SP.

Outros assuntos

Ele fez um balanço da primeira semana de gestão. “Começamos a enxergar o tamanho do problema. Encontrei uma situação pior que imaginava. Cidade abandonada, não só os espaços públicos, como a administração pública. Não tinha comando, as secretarias agiam de forma independente. Todos os prédios públicos muito sujos, o Paço Municipal estamos pensando em contratar uma empresa para limpar janelas, limpar o Paço”.

Colucci citou falta de materiais de limpeza no almoxarifado da saúde e falta de merenda para a retomada das aulas. Segundo ele, tais problemas estão sendo resolvidos com compras emergenciais.

Em relação à paralisação de 30 obras, o prefeito informou que algumas já estão sendo liberadas, como a contenção de encosta no Piúva, a reforma das escola da Vila e Eurípedes Ferreira, na Barra Velha. “Vamos liberar obras de acesso no Pacuíba. Vamos olhar planilha por planilha”.

Ainda durante a entrevista, o prefeito de Ilhabela falou sobre o cancelamento de desapropriações de imóveis no município. “Muitas das desapropriações, nem o cadastro da prefeitura tem documentos de imóveis adquiridos nos últimos 90 dias. Não sei o intuito, feito às pressas. Pedimos levantamento dos recursos. A área do Galera é uma delas, complicada ambientalmente, onde desapropriam por R$ 17 milhões e vem uma avaliação de R$ 7 milhões”, citou.

O prefeito ainda falou novamente sobre a suspensão do contrato de tendas e estruturas. “Ilhabela nacionalmente conhecida como Capital da Vela, parecia a Capital da Tenda. Não tem porque, estamos colocando a casa em ordem. Era tenda, painel de led e trave para colocar faixa. Mandei limpar os lugares, a Vila estava um horror, em volta do Centro Cultural, na Praça Coronel Julião. O pseudo hospital de campanha, aquilo era um circo. Sem nenhuma norma sanitária, divisórias de festa de quermesse. Meu mestrado é em saúde pública, fiz administração hospitalar, essa é minha área. Quando vi aquela instalação fiquei horrorizado. Gastaram R$ 900 mil numa locação desnecessária”, declarou o prefeito de Ilhabela.

De acordo com Toninho Colucci, uma estrutura de 12 a 20 leitos já foi disponibilizada. “Podemos ainda remover o Capi, para uma eventual necessidade de ampliação dos leitos hospitalares, com condições sanitárias adequadas. A situação do Covid é grave, então já estamos preparando, nos próximos sete dias este espaço estará pronto, espero que não precise ser utilizado”.

Ao encerrar a entrevista, Colucci reafirmou o início das aulas no dia 21 de janeiro. No dia 18 já haverá reunião de professores. De início, as aulas terão sistema de rodízio e também ocorrerão aos sábados.

Por Radar Litoral

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings