Secretaria de Educação de São Sebastião faz reunião com Siproem sobre volta às aulas presenciais

A Secretaria da Educação de São Sebastião recebeu, na última quinta-feira (28/1), representantes do Sindicato dos Professores de Escolas Públicas Municipais (Siproem), para ouvir demandas e discutir sugestões dos profissionais de educação sobre o planejamento de retomada das aulas presenciais.  O tema tem sido amplamente discutido, com o intuito de construir as novas medidas e metodologias de ensino que serão aplicadas durante a pandemia com o retorno das aulas

 “Esse diálogo com a SEDUC é muito importante, pois temos um canal aberto para debatermos as preocupações da categoria sem perder a qualidade do ensino”, avaliou a presidente do Siproem, Joanice Gonçalves.  O início das aulas na rede municipal de ensino está programado para o próximo dia 8 de fevereiro, com atividades 100% remotas. A Secretaria da Educação reafirma o compromisso com a comunidade escolar, mantendo aberto o diálogo com a população por meio da divulgação permanente em seus canais de comunicação.

O Tribunal de Justiça de São Paulo suspendeu, na última quinta-feira (28/1), o retorno das aulas presenciais em todo o estado. Isto vale para escolas públicas e privadas. No Litoral Norte, Ilhabela já havia retornado com aulas presenciais com carga reduzida.

A liminar foi concedida em ação do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) para barrar decreto do governador João Doria (PSDB) que autorizava a abertura das escolas. A juíza Simone Gomes, da 9ª Vara da Fazenda Pública, relatou que a decisão visa “proteção ao direito à vida”. Ela salientou que as aulas presenciais não deve retornar em regiões na Fase Laranja e Fase Vermelha. 

O Estado tem sete regiões na vermelha e dez na laranja. Todas as regiões do estado entram em fase vermelha aos finais de semana e feriados. O Governo do Estado já anunciou que irá recorrer da decisão.

Foto: PSS

Por Radar Litoral