Eleição suplementar para prefeito em Itatiaia, RJ será no dia 11 de abril

A eleição suplementar para prefeito em Itatiaia (RJ) vai acontecer no dia 11 de abril. A data foi aprovada na última sessão plenária do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), realizada na quinta-feira (4).

Estão aptos a votar os eleitores que possuíam domicílio eleitoral no município em 11 de novembro de 2020. Assim como no pleito de 2020, a identificação biométrica não será utilizada. O uso de máscaras de proteção nas seções eleitorais continuará sendo obrigatório.

Os candidatos precisam apresentar o registro de candidatura na 198ª Zona Eleitoral (Itatiaia) até o dia 5 de março. A propaganda eleitoral será permitida a partir de 6 de março.

Prefeito e vice eleitos no dia 11 de abril exercerão o mandato até o dia 31 de dezembro de 2024.

Se eles tiverem as contas de campanha aprovadas, a diplomação deve acontecer até o dia 3 de maio. A posse dos eleitos é uma atribuição da Câmara Municipal.

Dudu vence, mas candidatura é indeferida

Dudu será prefeito de Itatiaia por mais quatro anos — Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A eleição suplementar acontece em Itatiaia por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que julgou indeferido o registro do candidato Eduardo Guedes, o Dudu (PSC).

Dudu venceu a eleição de 2020 com 44,37% dos votos válidos, mas estava com a candidatura sub judice. Apesar do resultado nas urnas, ele nem chegou a ser diplomado.

Dudu foi eleito em 2016 e reeleito em 2020, mas tinha assumido o cargo de prefeito provisório em 6 de julho de 2016, a 89 dias antes de sua primeira vitória nas urnas. No entendimento do TSE, a reeleição em 2020 configurou um terceiro mandato consecutivo.

No dia 1º de janeiro, o presidente da Câmara Municipal, Imberê Moreira Alves (PRTB), assumiu provisoriamente a cadeira de prefeito e ficará no cargo até a diplomação do novo eleito.