Mulher é presa suspeita de matar filho de três anos afogado em São José dos Campos, SP

Foto: Peterson Grecco

Uma mulher de 34 anos foi presa nesta quinta-feira (18) suspeita de matar o filho de três anos afogado em São José dos Campos(SP). A suspeita é de que o crime tenha sido motivado por transtornos mentais.

O crime aconteceu por volta das 20h em um apartamento no bairro Vila Tatetuba. A polícia foi acionada por vizinhos que ouviram os pedidos de socorro da mulher e o choro da criança.

No local, os policiais encontraram a criança no box do banheiro, com o chuveiro ligado, já afogada. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado e tentou reanimar a vítima, mas o menino não resistiu.

De acordo com a Polícia Civil, a mãe foi encontrada pelos policiais em cima da criança, gritando coisas sem nexo e pedindo socorro. Durante o resgate, ela havia alegado ter sido estuprada. No banheiro onde a vítima estava, a polícia aprendeu uma escova usada para limpeza de vaso sanitário com sangue.

A mulher foi socorrida para uma unidade de saúde mental, onde foram identificados os ferimentos em suas partes íntimas e encaminhada para o Pronto-Socorro da Vila Industrial onde passou por um procedimento cirúrgico e segue internada.

A mulher foi indiciada pelo homicídio do filho e segue em custódia no hospital. Depois de ouvir os policiais e os vizinhos, a suspeita da polícia é de que ela sofra de transtornos mentais, o que pode ter motivado o crime. A mulher vai passar por perícia.