Vassouras assina manifestação de interesse no consórcio para compra de vacina

 A prefeitura divulgou nesta terça-feira (2), que assinou a manifestação de interesse de adesão ao Consórcio Público, liderado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), para aquisição de vacinas contra a Covid-19.

Após assinar a carta de intenção, onde também deseja a aquisição de medicamentos, equipamentos e outros insumos, o governo municipal aguarda a aprovação do Legislativo nos próximos dias.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, dia 02, o texto-base do Projeto de Lei 534/21, do Senado Federal, que autoriza os estados, os municípios e o setor privado a comprar vacinas contra a Covid-19 com registro ou autorização temporária de uso no Brasil. No caso do setor privado, as doses deverão ser integralmente doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Para o prefeito, Severino Dias, atualmente esse é o caminho mais viável para agilizar a vacinação dos moradores da cidade.

“Desde o fim do ano do ano passado já havíamos nos manifestado publicamente sobre a intenção de comprar, com recursos próprios, entre 80 e 100 mil doses, que daria para imunizar toda a população de Vassouras. Esse era o nosso planejamento e que foi interrompido devido ao plano nacional. Agora, com a iniciativa da coalizão, entendemos ser a forma mais dinâmica para que esse processo ocorra o mais breve possível”, explicou Severino.

De acordo com a secretaria municipal de Saúde, se o município tiver acesso à quantidade necessária para vacinar toda a população, a campanha será muito mais rápida, já que a cidade vem se preparando para vacinar em massa desde 2020.

“A cidade tem toda a estrutura pronta, inclusive com as equipes preparadas para desenvolver a campanha completa de vacinação contra a Covid-19”, afirmou Larissa Vieira.

No momento, o município de Vassouras está na fase de vacinação do grupo de idosos entre 83 e 84 anos, já tendo imunizado mais de 1.700 pessoas.