Dr. Jairinho diz em depoimento que acusações de ex-namorada foram por vingança

Uma das ex-namoradas do vereador contou a polícia que Jairinho dava cascudos e torcia os braços de sua filha, na ocasião com 3 anos. Horas após ser preso, o político negou as acusações.

O vereador Dr. Jairinho contou ao delegado Adriano Marcelo Firmo França, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), que as acusações feitas por uma de suas ex-namoradas foram motivadas por vingança.

A ex-parceira do vereador disse, em depoimento, que Jairinho dava mocas (cascudos na cabeça) e torcia as pernas e os braços de sua filha, na época com 3 anos. A ex-namorada contou que, em certa ocasião, Jairinho afundou a cabeça da menina em uma piscina.

Horas após ser preso pela morte do menino Henry Borel, Jairinho negou as acusações e disse que depois do término do relacionamento, a ex-namorada passou a enviar mensagens para a atual mulher dele e para a ex-esposa, mãe de seu primeiro filho.

Segundo Jairinho disse ao delegado, a intenção das mensagens seria “gerar instabilidade em seu casamento”.

O vereador explicou ainda que o relacionamento com essa ex-namorada durou cerca de dois anos e tinha a finalidade “sexual”. Durante o namoro, Jairinho era casado com a dentista Ana Carolina Ferreira Netto, mãe de dois dos seus três filhos. Ele disse também que a mulher insistia para que ele se separasse da esposa.

Mais acusações

Durante o depoimento, Jairinho precisou responder sobre uma série de outras acusações feitas por essa ex-namorada.

Ela contou que o vereador, que é médico, mas nunca exerceu a profissão, dava remédio para ela dormir.

Segundo a mulher, durante uma viagem a Mangaratiba, no Rio, a ex-namorada desconfiou que Jairinho estava lhe dando medicação para que, quando ela estivesse dormindo, ele pudesse falar com outra mulher.

Prisão do vereador Dr Jairinho no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (8). — Foto: FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Ela não usou o remédio, fingiu dormir e disse ter flagrado o vereador segurando a filha dela pelos braços. Apesar de não ver nada agressivo, a mulher afirmou à polícia que a filha estava assustada.

Em outro episódio, a ex-namorada contou para a polícia que Jairinho chegou a rasgar a roupa dela na rua ao vê-la chegando em casa depois de uma balada.

Disse também que quando ele estava só com a filha dela, dizia para menina: “Você atrapalha a vida da sua mãe!”, “A vida da sua mãe ia ser mais fácil sem você!”.

Jairinho nega as acusações

Dr Jairinho negou todas as acusações. Ele disse que não teve mais do que 10 vezes junto com a filha da ex-namorada durante o período que durou o relacionamento do casal.

Segundo ele, a criança quase sempre ficava com a avó materna quando os dois se encontravam. Jairinho afirmou ao delegado que “nunca teve qualquer atitude abrupta ou agressiva” com a menina.

O vereador chegou a admitir que frequentou com a ex-namorada uma casa em Mangaratiba e que o local tinha piscina e sauna, segundo o depoimento. Contudo, Jairinho disse que não lembrava se a filha da ex-namorada esteve presente na casa nesses dias.

Preso por suspeita de ter matado o enteado de quatro anos, Jairinho também negou que tenha ficado sozinho com a filha da ex-namorada.

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings