Polícia Civil prende quadrilha por estelionato em Ilhabela; integrantes se passavam por funcionários de banco e levavam cartões de vítimas

Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu, na tarde de quinta-feira (29/4), uma quadrilha pelo crime de estelionato em Ilhabela. Os integrantes se passavam por funcionários de banco e convenciam as vítimas a entregarem cartões. 

Em seguida, os estelionatários passavam os cartões em máquinas portáteis, onde o valor era tranferido para diversas contas. Além disso também realizavam compras em estabelecimentos comerciais.

Durante a investigação, os policiais civis conseguiram identificar o veículo utilizado pelos criminosos e, no final da tarde desta quinta, o localizaram trafegando no bairro Barra Velha.

Na abordagem foram encontradas diversas máquinas de cartão, além de cartões de banco e objetos como TV e notebook comprados com os cartões das vítimas. Em uma breve análise, em um único dia os criminosos deram um prejuízo de mais de R$ 11 mil às vítimas.

O delegado de Ilhabela, Diogo Ribeiro Daiello, elaborou prisão em flagrante delito pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha e corrupção ativa. Este último crime pelo fato de terem tentado “uma conversa” para serem liberados. Os três indivíduos têm entre 26 e 27 anos, todos de São Paulo.

Por Radar Litoral