Câmara de Volta Redonda, RJ instala comissão para rever Plano Diretor

Foto: Paulo Moreira

A expectativa do presidente da Câmara Municipal, Nilton Alves de Faria, o Neném (DEM) é que o novo plano diretor da cidade esteja votado até setembro. Ele deu essa informação na reunião de instalação da comissão que vai debater a nova versão do plano. A comissão será presidida pelo vereador Rodrigo Furtado (PSC) e terá Luciano Mineirinho (PSD) como relator, Fábio Buchecha (PSC) como membro e Vander Temponi (PTB) como suplente.

O trabalho do grupo será analisar e discutir com representantes da sociedade a mensagem enviada este ano pelo prefeito Antônio Francisco Neto (DEM). A mensagem anterior, enviada em 2018 pelo ex-prefeito Samuca Silva, sofreu tantas emendas que chegou-se a pensar em votar um substitutivo total.

Com a chegada da mensagem de Neto, no fim de março. Neném promoveu a primeira votação e criou a comissão, que, além de ouvir representantes da sociedade, principalmente dos segmentos com interesses na questão de planejamento urbano, vai coordenar a apresentação de emendas, visando evitar  duas ou três modificações sobre o mesmo artigo.

– Vamos abrir debate com a sociedade neste período em que estudamos as emendas- afirmou Rodrigo Furtado.

Neném destacou a necessidade de trazer o IPPU (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano) para a discussão. Rodrigo Furtado agradeceu ao arquiteto Ronaldo Alves, que assessorou a Câmara com relação ao Plano Diretor na legislatura passada e que se propôs a apoiar o trabalho que será realizado este ano.

Uma das linhas de ação apresentadas por Alves foi aderir à estratégia do adensamento urbano, proposta em outras cidades. Segundo ele, em vez de expandir a área da cidade, é melhor aumentar a densidade populacional dos bairros existentes, com construções multifamiliares. A ideia é evitar a necessidade prover serviços públicos a novas áreas.

Outra proposta é permitir a formação de núcleos urbanos em loteamentos localizados em áreas que atualmente são classificadas como zonas rurais.

Além dos integrantes da comissão e do presidente da Câmara, estiveram na reunião os vereadores Jorginho Fuede (PSDB) e Vair Duré  (PSC). Este último foi quem apresentou a proposta de emenda referente aos núcleos urbanos em zonas rurais.

Ocupação

Outro assunto que foi apresentado na reunião foi a situação de um grupo de pessoas que ocupa uma área que faz parte de um terreno particular no bairro Jardim Belmonte. Eles estão sendo alvo de uma ação de reintegração de posse e temem perder suas casas. Enquanto acontecia a reunião, eles promoviam uma manifestação em frente à prefeitura, tentando ser recebidos por Neto.