Empresa reproduz edição especial de perfume para mãe que perdeu o filho com Covid-19 em Angra dos Reis

“Quando meu filho vinha me visitar, ele chegava aqui, me pegava no colo, fazia um carinho e dizia que o meu perfume tinha cheirinho de mãe”. Foi com essa frase que a dona Wanda Terra, pensionista de 78 anos, moradora do Parque Mambucaba, em Angra dos Reis, definiu a importância e o quanto era especial, para ela, as poucas gotas que ainda restavam do perfume Anette, d’O Boticário. A idosa perdeu o filho Alexandre Mendes Terra, de 46 anos, para a Covid-19 no dia 4 de março e, desde então, entre outras coisas, era naquele cheiro que ela alimentava a memória do filho, que morava em Niterói.

A história da pensionista chegou até o fundador do Grupo Boticário, Miguel Krigsner, que com o apoio da sua equipe de fábrica produziu algumas unidades da fragrância, especialmente para dona Wanda.

– Ganhei uma edição especial só pra mim e ninguém imagina o quanto isso me deixou feliz. Recebi uma carta escrita pelo próprio Miguel e eles até já me entregaram os três frascos. Fiquei muito feliz porque esse perfume parou de ser fabricado há anos. e como o Alexandre gostava muito se sentir esse cheiro em mim, porque ele dizia que era cheirinho de mãe, eu só usava para esperá-lo chegar quando vinha me visitar – enfatizou dona Wanda, ao lembrar que a última visita do filho foi durante as festas de Natal e Ano Novo.

Como tudo aconteceu no dia em que foi encontrar dona Wanda para devolver os pertences do filho dela, a irmã da viúva de Alexandre, Karyne Leão, encontrou a idosa com o vidro de perfume na não e chorando. O motivo da tristeza, conforme conta a pensionista, é que a fragrância representava para ela uma grande ligação com o filho e já estava chegando ao fim.

– Meu frasco tinha menos de um dedo. A Karyne disse que iria comprar outros vidros do Anette, para me dar de presente, e eu disse que eles haviam parado de fabricá-lo já há alguns anos. Ela então teve a ideia de contar a minha história na página da empresa e o próprio fundador ficou tocado com a história e me escreveu uma carta, a punho, para informar que fariam uma edição especial para mim – contou dona Wanda.

Na carta escrita à dona Wanda, o fundador do Grupo Boticário dividiu com a mãe de Alexandre uma história de afeto, já que o nome do perfume, lançado em 1984, também era o nome de batismo da sua primeira filha. O trecho da carta diz:

“Queria te contar que Annete é minha primeira filha e que o perfume foi criado por ocasião do seu nascimento”, relembrou o empresário, que continuou: “Resolvemos, com o apoio da nossa equipe de fábrica, fazer algumas unidades desta fragrância, especialmente para você”.

Já entrando no mês em que se comemora o Dia das Mães, dona Wanda disse que, embora não tenha a presença física do filho para comemorar a data, esse será um dos seus melhores presentes.

– Ninguém esperava uma atitude dessas e o que mais me chamou atenção foi que nesse mundo em que o materialismo falta mais alto, um empresário como o Miguel se sensibilizou com a história de uma mãe, do interior do Rio e teve uma atitude linda mostrando que existem pessoas que se preocupam com o outro. Ele não imagina como me deixou feliz, ainda mais porque a caixa vem escrito Anette, dona Wanda, na parte da frente, ‘Em memória de Alexandre Terra’, no verso – disse, emocionada, a artesã.

Dor e luto

Sem deixar de mencionar o sofrimento da nora e da neta Maria Eduarda, de 15 anos, dona Wanda disse que sente muito pela falta que o filho está fazendo para as duas., assim como está fazendo para ela.

– As pessoas estão focando na minha história, na minha dor, mas também existe o sofrimento e o luto delas, que estão buscando um recomeço sem ele. Mas, meu filho era um bom marido, um super pai, e eu sei que ele vai continuar cuidando delas e dando forças – afirmou dona Wanda.

Além de artesã, dona Wanda é contadora de histórias e, em breve, lançará seu primeiro livro. Como faz questão de explicar, ela não se considera uma escritora, mas apenas uma pessoa com bagagem e histórias de netos, filhos, família e do cotidiano. “No livro conto histórias de vida, como essa, do perfume, que se tornou tão especial para mim”, afirma a pensionista.

Por fim, dona Wanda também se solidarizou com tantas outras famílias que vivem o luto, em decorrência da Covid-19 e deixou uma mensagem para que confiem em dias melhores.

– Eu passei por uma dor imensurável, porque uma mãe nunca imagina perder um filho. No entanto, por mais dolorosa que seja uma situação, temos que confiar que somos filhos de Deus e que Ele não nos desampara, nem nos piores momentos – finalizou a pensionista.

We use cookies to personalise content and ads, to provide social media features and to analyse our traffic. We also share information about your use of our site with our social media, advertising and analytics partners. View more
Cookies settings
Accept
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active

Who we are

Our website address is: http://agazetarm.com.br.

What personal data we collect and why we collect it

Comments

When visitors leave comments on the site we collect the data shown in the comments form, and also the visitor’s IP address and browser user agent string to help spam detection.

An anonymized string created from your email address (also called a hash) may be provided to the Gravatar service to see if you are using it. The Gravatar service privacy policy is available here: https://automattic.com/privacy/. After approval of your comment, your profile picture is visible to the public in the context of your comment.

Media

If you upload images to the website, you should avoid uploading images with embedded location data (EXIF GPS) included. Visitors to the website can download and extract any location data from images on the website.

Contact forms

Cookies

If you leave a comment on our site you may opt-in to saving your name, email address and website in cookies. These are for your convenience so that you do not have to fill in your details again when you leave another comment. These cookies will last for one year.

If you visit our login page, we will set a temporary cookie to determine if your browser accepts cookies. This cookie contains no personal data and is discarded when you close your browser.

When you log in, we will also set up several cookies to save your login information and your screen display choices. Login cookies last for two days, and screen options cookies last for a year. If you select "Remember Me", your login will persist for two weeks. If you log out of your account, the login cookies will be removed.

If you edit or publish an article, an additional cookie will be saved in your browser. This cookie includes no personal data and simply indicates the post ID of the article you just edited. It expires after 1 day.

Embedded content from other websites

Articles on this site may include embedded content (e.g. videos, images, articles, etc.). Embedded content from other websites behaves in the exact same way as if the visitor has visited the other website.

These websites may collect data about you, use cookies, embed additional third-party tracking, and monitor your interaction with that embedded content, including tracking your interaction with the embedded content if you have an account and are logged in to that website.

Analytics

Who we share your data with

How long we retain your data

If you leave a comment, the comment and its metadata are retained indefinitely. This is so we can recognize and approve any follow-up comments automatically instead of holding them in a moderation queue.

For users that register on our website (if any), we also store the personal information they provide in their user profile. All users can see, edit, or delete their personal information at any time (except they cannot change their username). Website administrators can also see and edit that information.

What rights you have over your data

If you have an account on this site, or have left comments, you can request to receive an exported file of the personal data we hold about you, including any data you have provided to us. You can also request that we erase any personal data we hold about you. This does not include any data we are obliged to keep for administrative, legal, or security purposes.

Where we send your data

Visitor comments may be checked through an automated spam detection service.

Your contact information

Additional information

How we protect your data

What data breach procedures we have in place

What third parties we receive data from

What automated decision making and/or profiling we do with user data

Industry regulatory disclosure requirements

Save settings
Cookies settings