Prefeitura de Caraguatatuba e PM removem acampamento irregular na Lagoa Azul

Uma família foi flagrada na manhã desta quinta-feira (20) acampando de forma irregular na Lagoa Azul, região norte de Caraguatatuba. Após recebimento de denúncia, equipes da Secretaria de Urbanismo e da Polícia Militar foram ao local e o homem ignorou o pedido para retirar a lona que servia de barraca.

“Nós explicamos que era proibido e que eles deveriam sair. Ele disse ‘tá’ e continuou pescando”, conta o secretario da pasta Wilber Cardozo. Diante dessa atitude, os polícias foram mais rigorosos e ainda acionaram a Polícia Ambiental por evidencia de crime contra o meio ambiente.

No local, foram encontradas varas de pescar e uma grelha usada para fazer churrasco, mesas e utensílios domésticos.  O grupo era composto por dois adultos, duas crianças e um cachorro.

Com base no artigo 243 da Lei Municipal 1.144/80 (Código de Posturas), não é permitida a instalação de qualquer dispositivo fixo na praia para abrigo ou qualquer outro fim. Casos de denúncias podem ser feitos pelo Canal 156.

Por Radar Litoral